Instalação de caixa-padrão beneficia consumidores de água em Camboriú

Instalação de caixa-padrão beneficia consumidores de água em Camboriú

Com o objetivo de facilitar o acesso ao cavalete para leitura do consumo e proteger o hidrômetro – além de atender uma determinação da agência reguladora – a concessionária Águas de Camboriú está entrando em contato com os clientes para a instalação da caixa-padrão para os hidrômetros das unidades consumidoras. Conforme Celmo Barbosa, gestor comercial da Águas de Camboriú, o novo padrão de ligação possui tecnologia mais avançada e utiliza materiais mais resistentes e menos sujeitos à deterioração na instalação do cavalete e do hidrômetro.

De acordo com as normas vigentes, o consumidor precisa ter uma caixa plástica padronizada instalada de forma embutida no muro da residência ou em uma mureta, nos casos em que a casa não é murada. O modelo é  composto por uma caixa em policarbonato, onde o hidrômetro é instalado com conexões em PVC, especialmente desenvolvido para este fim.

A instalação da caixa-padrão traz uma séries de benefícios, entre elas, a proteção do hidrômetro e a garantia da medição no momento da leitura do consumo, já que a partir deste sistema não é preciso entrar na propriedade para ter acesso ao relógio. “Além de maior agilidade na instalação de novas ligações e de maior durabilidade do material, o novo padrão proporciona outros benefícios, como a uniformização do sistema, proteção contra vandalismo, furto do hidrômetro e facilidade de manutenção e de leitura pelos funcionários da empresa, garantindo a leitura justa do consumo mensal”, reforça Celmo.

Todas as solicitações de novas ligações precisam estar adequadas ao novo padrão. A empresa também está solicitando a adequação para os clientes que possuem ligação antiga, onde os funcionários da concessionária não conseguem acesso para realização da leitura ou manutenção do hidrômetro. “Nesse caso, a empresa envia uma notificação ao cliente para adequação do padrão da ligação. Caso não seja adequado, o cliente corre o risco de aplicação de sanção ou até mesmo suspensão do fornecimento de água”, completa.

Fonte: Águas de Camboriú

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: